Confira os valores do novo HP ProLiant Gen8

Nenhum Comentário

Confira os valores do novo HP ProLiant Gen8

HP ProLiant Gen8: Branco é o novo preto

Nova linha HP ProLiant Gen8 cumpre a promessa de fabricação no Brasil

Em Fevereiro de 2012, publicamos um post anunciado que a novíssima geração de servidores HP ProLiant Gen8 seria fabricada no Brasil. Mas na época, sequer tínhamos previsão de quando isso seria feito.

Pois bem, chegou a hora! Com satisfação, anunciamos a chegada oficial da linha de Servidores HP ProLiant Gen8 ao mercado, e não só já estão sendo fabricados, como também já se encontram em estoque e disponíveis para compra, no site da MicroSafe!

HP ProLiant Gen8: Nova geração mesmo

A primeira diretriz (sim, não estou nem tentando disfarçar que gosto de Star Trek) dos novos servidores HP ProLiant Gen8 é eliminar a intervenção humana, o que é bastante Borg (aí) da parte da HP. Você pode ler mais sobre isso em nosso primeiro post sobre esta nova linha de servidores.

É interessante notar que até aqui, todo servidor da HP tinha sua geração denominada como “Gn” (G5, G6, G7, etc…). A mudança sutil na nomenclatura da geração, para “Gen8”, em vez de “G8”, foi uma boa sacada para reforçar que se trata, de fato, de um novo conceito em servidores.

Os 3 primeiros lançamentos são:

HP ProLiant Gen8 ML350

Clique na figura para preços e descrições

A linha ML350 da HP sempre se caracterizou pela forte capacidade de expansão, e com a nova linha Gen8 não é diferente. É indicada para crescimento escalável de recursos, pois pode receber diversos upgrades de disco e memória. Não é um servidor ideal para criar farms de processamento, devido a seu tamanho (formato torre) e consumo. Aqui, temos um cavalo de batalha capaz de lidar com empresas de todo porte, desde que sua necessidade seja ter um servidor por departamento, até 200 usuários (cada), dependendo da aplicação.

HP ProLiant Gen8 DL360p

Clique na figura para preços e descrições

A linha DL360p se destaca por serem servidores de alta densidade (1U), de custo acessível, ideais para projetos de pequenos a médios farms de processamento. Empilhe estas belezinhas em um rack, e deixe-as brilhando.

HP ProLiant Gen 8 DL380p

Clique para preços e descrições

A linha DL380p deveria vir com a frase “virtualization mean machine” (máquina para virtualização do mal) escrita na testa. Porque é isso que ela é. São servidores de altíssima capacidade, múltipla capacidade de processamento (alguns modelos ainda não lançados no Brasil aceitam até 6 processadores, cada um, com 12 cores (!)) e de armazenamento também, embora nesta parte, ainda acredito ser melhor utilizar um servidor de armazenamento independente. Entretanto, estas baias de armazenamento do DL380p podem ser aproveitadas de maneira excelente, utilizando-se discos SSD para armazenar os sistemas e VM´s principais, eliminando assim as bootstorms (se você está achando tudo isso muito complicado, recomendamos esse post que fala de tudo isso com muito mais calma).

Lembrando que o Windows Server 2012 virá com toda parte de virtualização e cloud integradas, ele me parece o companheiro ideal para o garoto aí de cima.

O que achou desta nova geração de servidores? E de nosso texto? Prefere textos mais formais? Opine, este blog é seu!