Corra para registrar seu nome em Outlook.com, o novo e-mail da Microsoft!

2 Comentários

Corra para registrar seu nome em Outlook.com, o novo e-mail da Microsoft!

Domínio Outlook.com já está disponível em português

A Microsoft lançou hoje, 31/7/2012, seu novo domínio e ferramenta oficial de e-mail na nuvem, o Outlook.com. Ele irá substituir o HotMail.com com a nova interface Metro, do Windows 8, na nuvem.

Antes de tudo: independente do que você ache sobre a ferramenta ou a Microsoft, este é um domínio importante, onde vale a pena ter um endereço só seu. Por isso, corra lá e registre seu nome, antes que um homônimo o faça. Para se ter uma ideia, eu tentei criar san@outlook.com e santana@outlook.com, e já não consegui, pois não estavam mais disponiveis. Mas consegui garantir paulo.santana@outlook.com e MicroSafe@outlook.com

Se você já usa o Hotmail.com, Live.com ou qualquer outro serviço na nuvem da Microsoft, saia dele antes de clicar nos links acima.

Outlook.com: “Fantástico”

A interface do Outlook.com é uma boa ideia do que serão as aplicações do Windows 8 em si. Visual limpo, dinâmico, mas acima de tudo… é extremamente rápido! Confesso que me surpreendi ao carregar a página e olhar para a caixa de entrada pela primeira vez. Aquele famoso e-mail de “boas-vindas” do Outlook, que aparece assim que você o instala na versão desktop, também está na versão online, dando um resumo de tudo que você pode fazer com a ferramenta. E carrega que nem uma bala.

(Por falar neste e-mail de boas vindas, eu já vi gente dizendo “Essa Microsoft é demais mesmo! Acabei de instalar o Outlook e ela já me mandou um e-mail!”.  Juro)

Não estamos acostumados a associar velocidade com o Hotmail.com, por isso, o site de fato surpreende muito. Como o próprio Gizmodo disse, de fato, parece mais rápido que o Gmail.com (!).

Se os atuais serviços na nuvem da Microsoft forem remodelados com esta interface do Outlook.com, a Microsoft vai dar trabalho pra muita gente boa nessa área…

  • JP França

    Valeu! Deu tempo de registar o meu email “padrão” lá. 🙂