O Windows XP fez 10 anos. Abandone este navio AGORA! - Blog da MicroSafe

O Windows XP fez 10 anos. Abandone este navio AGORA!

Nenhum comentário

Se sua empresa está esperando o Windows 8 para mudar, está correndo riscos de 2 lados. A maturidade do Windows 7 é a melhor opção ante o legado do Windows XP e as novidades do Windows 8

A MicroSafe não comemora os 10 Anos do XP, não...

"- Se você se lembra do lançamento do Windows XP... você é velho!"

O Windows XP fez 10 anos em 24 de Agosto de 2011.

Mas isso não é nada. Temos um cliente que ainda usa Windows 2000 Workstation em mais de 300 estações (pelo menos). Sério.

Empresas grandes possuem ciclos definidos de renovação de equipamentos, que em geral, duram 3 anos (já mencionamos isso no post sobre a Univen). E assim, como tem sido nos últimos 7 anos, a cada 3 anos, nós e o cliente passamos por uma via-crucis digna de Moisés… só que a terra prometida se chama “drivers”.

No caso, é difícil de reconciliar essa informação, mas o Windows 2000 é anterior à tecnologia SATA! Estamos em 2011, em 2012 provavelmente teremos os discos SSD como padrão de larga escala, e ainda lutamos para fazer funcionar uma tecnologia que já tem mais de 10 anos. Porque não existem drivers SATA oficiais no Windows 2000. Sempre suamos frio se a Intel continuará mantendo suporte para um SO tão antigo, e isso acaba inclusive limitando as opções de estações que podemos fornecer ao cliente.

Agora, se engana quem pensa que o cliente está tomando uma decisão errada. Não está. Ele está maximizando seu investimento, mas principalmente, ele está atrelado a uma série de sistemas de automação e banco de dados, que foram desenvolvidos e homologados para rodar em cima do Windows 2000. O custo de substituir o Windows 2000 pelo Windows 7, por exemplo, seria irrisório, se comparado ao custo de homologar e/ou desenvolver um novo sistema.

Este é um caso real, com o Windows 2000. Mas todo este cenário se aplica a quem ainda usa Windows XP nas empreas.

O problema é que, com 10 anos de vida, esta medida será inevitável, porque o Windows XP irá se despedir do mercado. E porque é certo que uma hora o software não acompanhará mais o hardware.

Com 10 anos de Windows XP, qualquer investimento em SO já foi completamente amortizado. Sendo assim, se sua empresa ainda possui sistemas homologados para Windows 2000 ou Windows XP, esta é a melhor hora de iniciar um projeto para homologá-los para o Windows 7, pelos motivos que destacamos abaixo:

  • O Windows 7 já atingiu o seu ponto de maturidade, um ano após seu lançamento, onde é seguro investir na plataforma. Esta maturidade significa que o sistema foi aceito e “homologado” pelo mercado como a opção de fato da indústria. De fato, estimativas conservadoras apontam que 95% dos computadores vendidos em 2011 terão plataforma Windows 7 (fonte). Esqueça devaneios sobre qualquer outro SO. Por mais populares que eles possam aparecer na mídia, os números de participação são cruéis com eles;
  • Se a sua empresa ainda tinha “Síndrome de Windows Vista”, com medo de adotar um novo SO, sem saber se ele iria emplacar, pode ficar tranquila também. O Windows 7 já é o novo Windows XP, e veio para ficar;
  • Existem opções que lhe permitem adquirir o Windows 7 já contemplando o upgrade para o futuro Windows 8, como já explicamos antes. Portanto, não há necessidade de comprometer verba sem roadmap definido;
  • Mesmo que você não adquira o roadmap para o Windows 8 agora, é absolutamente certo que a opção de upgrade para ele existirá — mas só podemos garantir isso para quem já tiver o Windows 7. Tradicionalmente, a Microsoft só aceita upgrades da versão mais recente no mercado;
  • Mas talvez, a razão mais importante é que sabemos que todo novo sistema operacional é observado “de longe” pelas empresas, antes de ser adotado. Como já está confirmado que o Windows 8 está planejado para 2012, e as empresas cautelosamente esperam de 6 meses a 1 ano para adotar uma nova versão… seu parque de TI será atualizado quando? 2013? Até lá você garante que sua equipe de desenvolvimento, homologação e QA será a mesma, estará disponível…?

A decisão de migração para Windows 7 agora permite que se planeje um roadmap de homologação e deployment que coincida com o lançamento do Windows 8 — o que por sua vez, garante 3 anos de sobrevida no ciclo de renovação da empresa e já a deixa em um ótimo timeframe para adoção de uma nova plataforma, ao fim dela.

Bonitas as buzzwords deste último parágrafo, não? É linguagem corporativa. Traduzindo: Começa a testar estes raios destes sistemas AGORA no Windows 7, ou sua empresa VAI MORRER NA PRAIA!

Por isto, analise as informações acima, consulte os artigos indicados, e reflita sobre a melhor decisão. Pode meter o malho neste post, também!