Filhos, o processo Apple vs Samsung acaba de mudar seus futuros

3 Comentários

Filhos, o processo Apple vs Samsung acaba de mudar seus futuros

O processo Apple vs Samsung é um momento histórico, e seus filhos serão marcados por ele

Sexta-feira, 25 de Agosto de 2012. Este é um dia que entrará para a história da tecnologia. O dia em que a Samsung perdeu um processo bilionário de patentes, movido pela Apple, na corte americana.

Imediatamente após o veredicto que condenou a Samsung, eu fui para o quarto dos meus filhos (15 e 14 anos), que curtem tecnologia, já consideram futuros nessa área, e anunciei:

“Fiilhos, o futuro de vocês acaba de mudar. Para sempre”

Talvez eu esteja exagerando, ainda mais que a decisão não é final e cabe recurso, que certamente a Samsung levará à Suprema Corte norte-americana… mas considero este processo um game changer. O Roe vs Wade da nossa geração (o processo que definiu a questão do aborto nos EUA). Algo que afetará toda a indústria de TI para o resto de nossas vidas. Mas posso estar errado.

Em vez de escrever um artigo sobre o que quis dizer acima, um dos meus filhos, ao final da longa conversa que tivemos sobre as implicações do caso, disse que queria escrever ele mesmo sobre o assunto. O que segue é o entendimento dele sobre a conversa que tivemos, mais o que ele leu sobre o julgamento Apple vs Samsung na Internet, em apenas uma noite.  Até então, ele sequer tinha ouvido falar sobre o caso.

A tentação de editar o texto foi grande. A Internet nos acostumou a excelentes textos, outros nem tanto. Mas achei melhor postar sem uma modificação sequer. É uma oportunidade para olhar o que um jovem de 15 anos pode ou não entender sobre o mundo. Expressar ideias é um ato de coragem, até pela crítica que se pode receber. Mas censura não combina com liberdade. Algo que tem um pouco a ver com o assunto em questão. Quem sabe, o texto abaixo pode ser o que outros jovens leriam? Que direito eu tenho de “formatar” isso?

Manda pirão, Caio:

Apple vs Samsung – por Caio Santana

Esse protesto da Apple sobre a Samsung gerou uma grande repercussão, pois a Apple queria $2.5 bilhões de dólares sobre a Samsung, pois a Apple achava que a Samsung teria copiado a Apple em 4 de suas patentes: 2 seriam do Iphone, 1 seria do Ipad, e 1 seria do IOS, porem a Samsung contra processou dizendo que a própria Apple teria violado 5 de suas patentes e 2 das quais seriam patentes essenciais e que teria a ver com o 3g, se a Samsung tivesse ganhado ela mandou uma taxa de royalties de 2.4% sobre cada produto de um preço inteiro, o que provavelmente deve ser um dos outros motivos que fez a Apple ganhar.

Um dos motivos da Apple ter ganhado seria de que ela poderia ser uma empresa americana e em tempos de uma crise como esta seria bom para os americanos, além do fato de que se a Apple perdesse ela teria de pagar muito mais de $1 bilhão de dólares para a Samsung o que seria terrível para a economia americana, que já não está grande coisa. Além do fato de que a empresa Samsung ser coreana.

A Apple não percebe a grande besteira que fez pois agora o empreendedor pensará 2x antes de fabricar um novo tablet e pensará muito mais se irá lança-lo no mercado pois a Apple pode ter retardado o processo de desenvolvimento do tablet, além do que milhares de processos podem surgir a partir disso, imagine se por exemplo a LG resolvesse patentear o formato da TV ou se a Sony patenteasse o joystick, isso poderia causar uma série de processos, deixando a economia pior do que está e eu acho que a justiça americana deveria reavaliar essa decisão pois a Microsoft pode se ela quiser processar a Apple pois em 2002 a Microsoft já havia criado um tablet semelhante e eu acho que o que ocorre foi uma grande injustiça no tribunal americano.

  • Ricardomarques

    Caio,

    Parabéns pelo seu artigo, concordo plenamente quando vc diz que a decisão pode ter levado em consideração a nacionalidade dos litigantes e o impacto financeiro da demanda sobre a empresa perdedora.

    Os EUA são pródigos nesse tipo de postura protecionista, de um modo geral sempre procurando dar uma abordagem técnica, ao que no fundo é uma decisão política, e um Tribunal, em qualquer parte do mundo, é sempre um palco excelente para esse tipo de ator.

    Não concordo muito, porém, sobre o seu prognóstico de retração do mercado.

    É que processos dessa natureza, i.e., violação de patentes,  todos milionários, são comuns nos EUA, a terra das cias seguradoras e/ou dos advs (a propósito, vc já fez uma conta rápida dos honorários do escritório de advocacia que está assistindo a Apple? Certamente não serão menores do que cem milhões de dólares!!!) e por mais que o valor dessa condenação seja exorbitante, ele de certa forma é proporcional a outras decisões que para nós brasileiros são incompreensíveis, como aquela que mandou a GE indenizar uma fortuna a uma velhinha que explodiu um poodlle dentro do microondas, porque não havia um alerta que ela não poderia secar o seu bichinho de estimação no aparelho !?!

    Enfim, vamos aguardar a decisão da Suprema Corte …

    Mais uma vez parabéns pelo seu texto e, principalmente, pela coragem de expor as suas ideias ao debate, muito bacana mesmo!

    Forte abraço!

    Ricardo Brandão Marques
    OAB/RJ 95.113

    • Caio Santana

      Ricardo,

      Obrigado pelo comentário, porém eu acho que a Apple pode sim atrasar os modelos de tablets feitos, pois se você  pegar o primeiro Ipod feito pela  Apple, e depois ir ver o ultimo agora fabricado por eles,você vai perceber que a diferença é minima, pois ele só fica mais fino e tem uma câmera (sendo que se você perceber o primeiro ipod tinha uma parte preta em forma de retângulo, que logo depois viria a ser a câmera do ipod) E no final o que a Apple realmente fez foi criar o ipod nu, e toda vez que ele começava a cair de preço eles o fariam mais fino, ou com câmera só para aumentar o preço.De novo, gostaria de agradece-lo por ter comentado no meu post.