Sigla-nos: o que é PoE? (Power Over Ethernet)

Nenhum Comentário

PoE é a sigla de Power over Ethernet (Alimentação pela Ethernet), um recurso disponível em vários equipamentos de rede, com o fim de eliminar a necessidade de tomadas de energia em periféricos remotos (que também suportam o recurso), tais como telefones IP, pontos de acesso sem fio, câmeras de vigilância, entre outros.

Normalmente, cada fabricante fornece modelos de Switches, Pontos de acesso, Telefones, etc, com ou sem PoE, e cabe ao usuário decidir o que é melhor usar em seu ambiente, de acordo com as vantagens abaixo.

Qual a vantagem ou necessidade de se usar PoE?

A especificação surgiu a partir de uma constatação simples: aparelhos como pontos de acesso sem fio (o periférico de rede usado para distribuir o sinal de redes sem fio em um ambiente) frequentemente precisam ser afixados em paredes ou tetos, em lugares elevados ou de difícil acesso. Além disso, pela sua natureza, é importante posicionar um ponto de acesso sem fio no melhor local possível, de modo que ele forneça cobertura ampla e sem impedimentos, o que indica poder ter flexibilidade de posicioná-lo.

Esta necessidade trazia em si uma dificuldade: como todo aparelho de rede, ele precisa estar conectado não só à rede em si (a um Switch, por exemplo) como na alimentação, propriamente dita. Mas enquanto era relativamente fácil levar um cabo de rede do switch, localizado em qualquer parte da empresa, até o ponto de acesso (afinal de contas, era só passar o fio pelo forro do teto, por exemplo, o que não requer maiores cuidados), o mesmo não podia ser dito da tomada necessária para energizar o aparelho no local onde ele seria instalado. Afinal de contas, não é nada comum possuir uma tomada de força no teto (ainda mais exatamente no melhor local possível para beneficiar a cobertura do ponto de acesso), e instalar uma requeria planejamento da rede elétrica. Via de regra, descobria-se que o melhor lugar para afixar o ponto de acesso sem fio era também o mais inóspito para se colocar uma tomada de força.

A solução para isso foi justamente o PoE. Switches que possuem portas PoE já fornecem energia de alimentação pelo mesmo cabo da rede anteriormente usado apenas para transmitir apenas os dados. Sendo assim, um ponto de acesso sem fio PoE dispensa fonte de alimentação e tomada de força, pois a energia necessária para alimentá-lo já é fornecida pelo próprio cabo de rede.

O que você precisa saber sobre PoE, antes de usar

Periféricos PoE  normalmente são vendidos sem fonte de alimentação exatamente por conta de sua natureza, o que ajuda também a reduzir seu custo final, tanto pela ausência da fonte, como por proporcionarem frete mais barato, em vista do peso menor.

Para compor uma solução PoE, portanto, você precisa normalmente de um switch de rede com portas PoE de um lado, e um periférico de rede alimentado por PoE do outro, como nos exemplos acima.

Logo, não adianta adquirir um periférico PoE se você já não possui uma fonte de energia baseada em PoE – a princípio, você não terá como energizá-lo!  (Veja as exceções abaixo).

A distância entre a fonte de energia PoE e o periférico PoE vai depender da topologia de cabeamento da sua rede. Se ela for CAT5, o máximo é 100 metros. Se for CAT5e ou CAT6, o máximo é 150 metros. Recomenda-se aplicar uma margem de segurança de 10% nestes valores, a fim de manter o sinal estável.

Switches, Injetores e Divisores PoE

Como já vimos acima, o coração de qualquer rede baseada em PoE normalmente é um Switch com portas PoE. Mas não é a única solução.

Se você já tem uma rede e não deseja trocar seu Switch por um modelo PoE, pode adquirir apenas um Injetor PoE, que nada mais é do que um aparelho que “injeta” alimentação PoE em uma das portas da sua rede, interpondo-se entre o seu Switch e o periférico PoE.  O Injetor é ligado em uma tomada de força, perto do seu Switch. Conecte uma ponta de um cabo de rede em uma porta do seu switch, e a outra ponta, no Injetor. Depois, basta conectar um cabo de rede na outra ponta do Injetor, e esticá-lo até o seu periférico  PoE.

Já um Divisor PoE (também chamado de PoE Splitter) faz o caminho inverso: se você já possui um Switch PoE, e quer alimentar um periférico remoto que não é PoE, o divisor recebe o cabo de rede com PoE e “transforma” a saída dele em 2 portas: uma saída de rede normal (não PoE) e uma saída de alimentação de 12v.

Com o sucesso dessa primeira empreitada, logo surgiram outros periféricos de rede que também poderiam se beneficiar do PoE, como os telefones IP e Câmeras de vigilância IP. Todos têm em comum um mesmo princípio: aproveitar a energia fornecida pela rede, dispensando assim a fonte de alimentação, para facilitar a instalação remota.

Usar PoE ou Redes sem fio? Depende!

Muita gente se questiona porque usar PoE, se o “mesmo” pode ser alcançado com periféricos com rede sem fio (Câmeras IP Sem Fio, por exemplo). Não é bem assim. Como vimos na explicação anterior, periféricos PoE requerem cabo de rede, mas dispensam alimentação. Periféricos de rede sem fio são exatamente o contrário: eles dispensam o cabo de rede, mas requerem tomadas de alimentação. Tudo irá depender do seu planejamento e da facilidade que você deseja obter na instalação de sua infra-estrutura de rede. Exemplos:

Um telefone IP, por exemplo, não precisa ser nem sem fio, nem PoE, pois normalmente, onde se instala um telefone, existem tanto tomadas de rede como de força por perto.

Já no caso de pontos de acesso sem fio, é óbvio que eles também não podem ser sem fio, a menos que você esteja estendendo uma rede sem fio já existente. Nestes casos, para poder eliminar pelo menos um dos cabos, sobra apenas a opção PoE.

Já no caso de Câmeras IP, a decisão de usá-las totalmente cabeadas, sem fio ou PoE realmente depende apenas do que a instalação em seu imóvel interpõe de dificuldades.

Encontrando periféricos PoE no site da MicroSafe

A MicroSafe se esforça em identificar suas soluções PoE. Via de regra, para encontrar um ponto de acesso que suporte PoE em nosso site, basta procurar por…. “ponto de acesso poe”!

Nós também elencamos algumas categorias específicas para que você possa ir direto ao ponto e escolher a melhor opção para sua rede:

Injetores PoE

http://www.microsafe.com.br/redes_poe+injetor.cat.html

Divisores PoE

http://www.microsafe.com.br/redes_poe+divisor.cat.html

Switches PoE

É importante notar que alguns Switches PoE não possuem todas as suas portas de rede energizadas com PoE. Por exemplo, em um Switch PoE de 16 portas, apenas 8 portas podem ser energizadas com PoE. Isso é feito para baratear o custo do Swicth, e a MicroSafe descreve exatamente quantas portas de cada Switch são energizadas. Exemplo:

Switch PoE 16 portas XPTO (8 x Gigabit PoE; 8 x Gigabit)

A descrição acima indica que das 16 portas do Switch, apenas 8 são energizadas.

Não existe problema algum em conectar periféricos normais (não PoE) em portas PoE de switches. Portanto, dimensione o número de portas do seu switch de acordo com o número de periféricos PoE que deseja alimentar, aproveitando o restante das portas para conectar dispositivos comuns de rede.

Sabendo dos dois fatores acima, navegue pela sua opção ideal abaixo:

Switch PoE até 8 portas

http://www.microsafe.com.br/redes_switch+poe+ate+08+portas.cat.html

Switch PoE até 16 portas

http://www.microsafe.com.br/redes_switch+poe+ate+16+portas.cat.html

Switch PoE até 32 portas

http://www.microsafe.com.br/redes_switch+poe+ate+32+portas.cat.html

Switch PoE até 64 portas

http://www.microsafe.com.br/redes_switch+poe+ate+64+portas.cat.html

Pontos de acesso PoE

Estes periféricos são praticamente a razão pela qual o PoE foi inventado. Os pontos de acesso abaixo podem ser conectados diretamente a um Switch, Injetor ou Divisor PoE:

http://www.microsafe.com.br/redes+sem+fio_ponto+de+acesso+11n+poe.cat.html

Câmeras de vigilância IP e Telefones IP PoE

Devido a sua quantidade reduzida de opções, não temos uma categoria específica para os periféricos acima em sua versão PoE. Você pode navegar nos links abaixo, notando a inclusão da especificação “PoE” em suas descrições, ou simplesmente realizando uma busca por “Câmera PoE” ou “Telefone PoE” em nosso site:

Telefonia IP (com opções PoE):

http://www.microsafe.com.br/telefonia_ip.cat.html

Câmeras de vigilância IP (Com opções PoE):

http://www.microsafe.com.br/vigilancia_camera+de+seguranca+ip.cat.html

Ainda tem alguma dúvida sobre PoE? Comente-a abaixo que respondemos rapidinho!

Se achar que este post pode esclarecer a dúvida de alguém, não esqueça de curtir ou compartilhá-lo. Nossa intenção é espalhar conhecimento!