Como Ser Carioca no Brasil Inteiro (I)

1 Comment

Hoje, Primeiro de Março, é aniversário da Cidade do Rio de Janeiro. E portanto, é aniversário de todo “Ser Carioca”!

Carioca: a simpatia que trabalha

Como Ser Carioca no Brasil Inteiro (I)

Existem muitos textos bem humorados sobre o significado de “Ser Carioca”. Mas no Rio. Este apenas tenta ser mais um deles, do fundo do coração das experiências pessoais de um Carioca da Gema, do Ovo e do Trigo em todo Brasil e no mundo. Quem sabe alguma delas já não aconteceu com você?

  1. Carioca não nasce, “aparece aí”;
  2. Em uma viagem para o Nordeste com um grupo de 50 pessoas de todo o Brasil, o sempre único Carioca do grupo nunca tem nome. O grupo, e em todo lugar que ele vai, chama-o simplesmente de “Carioca”;
  3. Carioca é aquele cara que é pilhado como “vagabundo” por um Paulista ou outro, e dá o troco fazendo os dois rirem: “Eu sou vagabundo na praia das 18 em diante. Nessa hora, você está no trânsito”;
  4. Quem nasce ou mora no Rio é Carioca, não importa em que cidade. “Fluminense” pra gente é time de futebol;
  5. É saber e reconhecer lá no fundo que o Brasil pulsa mesmo é por conta de São Paulo, mas nunca, JAMAIS, admitir isso em voz alta;
  6. É ir a São Paulo pela primeira vez e se perder, porque “São Paulo não tem retorno”. Errou uma entrada lá na Avenida Paulista, o retorno mais próximo é em Guarulhos (True Story, aconteceu comigo);
  7. É ir a São Paulo pela vigésima vez, e continuar se perdendo. E ficar horrorizado em ver taxista com GPS ou Guia 4 Rodas;
  8. É visitar qualquer praia do Nordeste e não dizer nada quando o pessoal de lá acha que as nossas praias são mais bonitas que as deles;
  9. É trabalhar pra caramba em prol de uma família e amigos que reclamam que você trabalha pra caramba;
  10. É ficar deprimido com qualquer temperatura abaixo de 26°, em qualquer lugar do mundo;
  11. É achar que chuva só deveria acontecer das 2 às 4 da manh. Em qualquer lugar do mundo, também;
  12. É “se amarrar” no sotaque do Mineiro, do Gaúcho e de todo o Nordeste em geral, e morrer de rir com o sotaque do Paulista, sem nunca perceber que o nosso sotaque é o pior de todos;
  13. É ir na Disney e virar atração;
  14. É ir em qualquer lugar e virar atração, na verdade;
  15. É nascer com uma rixa natural com Argentinos e Paulistas, mas visitar Buenos Aires e São Paulo o tempo todo;
  16. É pedir Ketchup na Pizzaria em São Paulo só pra irritar os Paulistas;
  17. É levar qualquer um de fora naquele restaurante de frutos do mar, à beira da praia, caro pra caramba, só pra tirar onda de cidade litorânea, como se o cara nunca tivesse visto um camarão na vida;
  18. É ir ao Cristo pela enésima vez, pra acompanhar o gringo que veio visitar sua empresa… e continuar achando maneiro;
  19. Enquanto houver pessoas novas chegando, o Carioca contará a mesma piada. Sempre. Cada um tem uma “piada trademark”, mas é sempre a mesma;
  20. É conduzir empresas como se fossem extensões de sua casa, e vice-versa;
  21. É saber que, de qualquer parte do Brasil, se você sorriu com esse texto… então você também tem espírito de Carioca. Recomendo ir num terreiro pra tirar esse encosto;

Feliz Aniversário, Meu Rio! Se o post agradar, depois tem mais!