Dicas para a Bienal do Livro no Rio de Janeiro

2 Comments

Mermão, a Bienal é Trilegal, Meu!

Sabemos que hoje é dia de post “sério”, mas como a Bienal acaba neste fim de semana, quanto antes esta informação sair, melhor:

  1. Se puder, vá nesta quinta ou sexta, depois das 17h. Sábado e domingo sempre é lotado, e durante a semana, as excursões escolares apinham o lugar de crianças correndo. 17h é justamente o horário em que elas começam a sair. Fui na terça, às 18h, e foi bastante tranquilo, o que acredito que se repita hoje;
  2. Os expositores que visitei, em uníssono, declararam que esta é a Bienal mais lotada que eles já compareceram (talvez até porque tenha menos estandes, comparando com as edições anteriores). Portanto, se você vai mesmo no fim do dia, eles já estão exaustos. Tenha paciência, mostre empatia e solidariedade, pois vendedor tratado com simpatia sempre dá retorno 😉
  3. Você gosta de quadrinhos? O estande da Comix, no pavilhão Verde, está com o mesmo desconto de 20% do estande da Panini, no pavilhão Azul, mas lá você pode parcelar a compra em 3x sem juros, acima de R$ 100,00. Mas a Panini está com uma seleção bem mais legal de títulos, principalmente na linha Vertigo, para adultos;
  4. Para quem curte Um Sábado Qualquer, o estande da Devir, no pavilhão Verde, lançou uma coletânea das tiras dele (Só R$ 35,00!), e neste sábado agora, o autor em pessoa (Carlos Ruas) estará autografando os exemplares;
  5. Aliás, ponto para a Devir, que finalmente está com preços razoáveis para importados: Comprei várias coletâneas de Invincible, por apenas R$ 37 cada! Para quem não conhece, também é de Robert Kirkman, o mesmo autor de The Walking Dead;
  6. Aliás, quando eu perguntei se tinha Walking Dead original, senti aquele sorrisinho de desdém que somente os pais que tentaram comprar aquela pista  “Parque do Tubarão” (Brinquedo da Hot Wheels) para seus filhos, no ano de lançamento, conhecem bem;
  7. No mesmo estande, recomendo também The Umbrella Academy: Dallas, sequência do ganhador do prêmio Eisner (o Oscar dos quadrinhos), que apesar do nome e de ser publicado originalmente nos EUA, é desenhado pelo Gabriel Bá, Brasileiro, com roteiros de Gerard Way, do My Chemical Romance;
  8. Dica dos meus filhos: Não compre mangá nos estandes oficiais. Tem um ou 2 estandes “sem nome” vendendo Naruto, Dragon Ball e quetais por R$ 5,00 cada. E pelo que eu vi na feira, se um dia a MicroSafe parar de dar dinheiro, eu vou montar um estande de Naruto. Papo sério;

Cultura é sempre sensacional. Curta estas Dicas para a Bienal, vá e prestigie os autores que tanto te dão entretenimento!